Sobre o Grupo Otium

• Porque “Otium” ?

Porque este termo latino, na significação aqui abraçada, valoriza o pensar crítico, a reflexão, a meditação, a contemplação, o diálogo, o debate, o estudo e a pesquisa através da literatura, da música, da festa, da dança e outras formas de arte que, vividas ludicamente, possibilitam o desfrute da vida.

Além disso, otium deu origem à palavra ócio que, muitas vezes, é desvalorizada e chega a ser rechaçada por ser considerada algo vazio, supérfluo e tratado como um vício a ser combatido. Obviamente, isso acontece porque o ócio desafia a lógica da produtividade que impera nas sociedades capitalistas. Por isso, entendemos que o ócio é uma das opções de lazer que precisa ser ressignificada, valorizada e cada vez mais usufruída numa perspectiva contra-hegemônica, ampliando a nossa compreensão do mundo e das práticas sociais e culturais neles construídas. Assim sendo, o ócio e o lazer podem colaborar com a construção de novas utopias sociais, elemento determinante para a transformação das sociedades: tornando-as humanas, solidárias e sustentáveis.

Por isso, como em um jogo de espelhos, otium representa a busca de muito saber com sabor – não necessariamente no sentido da quantidade, mas, da qualidade e intensidade dos saberes apreendidos e construídos, na América Latina, de forma contextualizada e crítica.

• A criação do grupo:

No ano de 2006 alguns docentes, pesquisadores e estudantes vinculados ao Centro de Estudos de Lazer e Recreação (CELAR) da EEFFTO/UFMG desenvolveram algumas iniciativas visando ampliar os diálogos e a troca de experiências no contexto latinoamericano. Entretanto, foi a partir de 2007, com o desenvolvimento do projeto “Lazer na América Latina/Tiempo libre, ocio y recreación en Latinoamérica”, que os primeiros estudos sobre o lazer na América Latina foram realizados, possibilitando assim a constituição formal do grupo na UFMG e no CNPq. Este primeiro projeto contou com o apoio do Ministério do Esporte, do SESI/DN e da Universidade Bolivariana/Chile; envolveu 16 participantes de oito países e foi concluído em março/2009 com a publicação de um livro contendo resultados dos estudos realizados pelos autores latinoamericanos que colaboraram com a proposta.
O grupo Otium vem realizando pesquisas, publicações, ciclos de debates, eventos e outras iniciativas que problematizam o lazer no contexto da América Latina. Procura aprofundar conhecimentos sobre lazer, complexidade, interdisciplinaridade, interculturalidade, pós-modernidade e estudos pós-coloniais, vistos como pressupostos dos estudos, pesquisas, ações e intervenções do grupo. Seu compromisso básico é constituir redes e ações de cooperação acadêmica entre pessoas, grupos e instituições de países latinoamericanos, envolvendo especialmente aqueles que estão interessados em aprofundar conhecimentos contextualizados, críticos e consistentes sobre a temática do lazer.

• Os objetivos:

– Estudar, problematizar e analisar o lazer no Brasil e na América Latina a partir de múltiplos enfoques e contextos, estimulando diálogos e debates sobre o tema. Compreender influências e ressignificações globais/locais do Lazer na dinâmica cultural latinoamericana em suas relações com a educação, a política, o trabalho, a saúde, o meio ambiente, as redes sociais e as novas tecnologias, entre outras possibilidades. Aprofundar e difundir os conhecimentos gerados sobre o lazer na América Latina.

• As estratégias de ação:

– Encontros para estudo coletivo
– Desenvolvimento de Pesquisas
– Publicações
– Realização de eventos e ciclos de debates

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: